Com recorde de público, Ceará vence o ABC na despedida da Série B

PUBLICIDADE Apoios 1

Com mais de 56 mil pessoas presentes no Castelão, o Ceará se despediu da Série B com uma vitória por 1 a 0 diante do rebaixado ABC. O gol que garantiu o triunfo Alvinegro e completou a festa nas arquibancadas saiu dos pés de Maikon Leitte, que deixou o banco de reservas para substituir o lesionado Cafu.

O tento de Maikon foi a “cereja do bolo” da festa preto e branco. O mar de gente alvinegra pulou e incentivou os atletas do começo ao fim. Afinal, além da despedida da Série B, era o reencontro entre atletas e torcedores após a conquista do tão sonhado acesso para a elite do futebol, na penúltima rodada diante do Criciúma, em Santa Catarina.

A presença do torcedor fez com que o Ceará batesse o próprio recorde de maior público da Série B, que havia sido conquistado no duelo contra o Paysandu no Castelão, com os mais de 45 mil presentes. E diante do ABC, a torcida lotou ainda mais o estádio, garantindo 56.005 pagantes. O número também é o maior do futebol cearense em 2017.

Desta forma, o Ceará termina a Série B com os três maiores públicos da competição. Além dos resultados alcançados diante de Paysandu e ABC, o Ceará colocou 40.280 pagantes no Castelão contra o Londrina, fechando o ranking de maiores públicos da Série B 2017.

O JOGO

O resultado dentro de campo pouco importava para o torcedor. O dia era de festa independente de vitória, empate ou derrota. Mas o roteiro do jogo terminou da melhor forma possível.

No primeiro tempo, o Ceará não levou sustos. A equipe de Chamusca controlou a partida desde o início. O atacante Cafu, improvisado na lateral-esquerda, surpreendeu na função e criou boas jogadas pelo setor. Foi dele o passe para Lima dentro da área, que dominou no peito e quase marcou, aos 27 minutos. O Alvinegro ainda chegou ao gol do ABC com Raul e Pedro Ken, mas faltou capricho na finalização.

No segundo tempo, Chamusca colocou em campo Tiago Alves e Roberto para substituírem Rafael Pereira e Lima. O Alvinegro continuou levando a melhor diante do ABC, numa partida com ritmo mais tranquilo. O Vovô passou a apostar nos contra-ataques com Roberto pela direita e Leandro Carvalho pela esquerda. Em uma das jogadas pelas pontas, Élton recebeu livre dentro da área, mas errou o chute na finalização.

Aos 20 minutos da segunda etapa entrou o personagem do jogo. Cafu se lesionou sozinho e teve que ser substituído. Chamusca chamou Túlio, depois Valdo para entrar no lugar do atacante improvisado na lateral. Mas mudou de ideia e apostou em Maikon Leite. O jogador velocista foi colocado para jogar no ataque, sua posição de origem, enquanto Raul desceu para a lateral.

A substituição surtiu efeito 16 minutos depois. Maikon recebeu cruzamento dentro da área, matou no peito e finalizou sem chances para o goleiro Edson. O tento foi o primeiro dele com a camisa do Vovô. O atacante chegou ao Alvinegro em setembro e só havia atuado em cinco partidas.

Após o gol, o ABC ainda teve uma chance, aos 43 minutos, com Jackson finalizando dentro da área, mas a bola foi pra fora. Assim, o Ceará deixou o campo para comemorar junto aos torcedores e fechou a temporada com triunfo.

FICHA TÉCNICA

Ceará
Everson; Richardson, Rafael Pereira (Tiago Alves), Luiz Otávio e Cafu (Maikon Leite) ; Raul, Pedro Ken e Ricardinho; Lima (Roberto), Elton e Leandro Carvalho

ABC- RN
Edson, Arez, Danrlei, Tonhão e Daniel Nazaré; Jardel, Erivélton (Jackson) e Berguinho; Fessin (Chiclete), Dalberto e Matheus (Adriano Pardal)

Cartões amarelos: Lima (CEA)

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)

Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento e Daniel Henrique da Silva (DF)

PUBLICIDADE Apoio 2

Comentários

Comentários

Marcio Sousa

Radialista profissional há mais de 15 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *