Violência deixa 47 pessoas mortas durante o fim de semana no Ceará

PUBLICIDADE Apoios 1

No Interior, a violência deixou 26 mortas, como em Quiterianópolis, onde um homem foi morto executado

A violência deixou, ao menos, 47 pessoas mortas no fim de semana em todo o Ceará. Um registro parcial das ocorrências registradas entre a última sexta-feira (20) e o começo da madrugada desta segunda (23), aponta 32 casos de homicídios e mais 15 mortes em acidentes de trânsito.  O maior número de mortes violentas ocorreu no Interior, com 25 casos.

Na Capital cearense, foram registrados 11 homicídios e um acidente de trânsito fatal. Os crimes de assassinato aconteceram nos bairros  Jardim Iracema (2 casos), Alagadiço Novo, Álvaro Weyne, Genibaú, Jangurussu, Conjunto Ceará, Cajazeiras, Montese, Jangurussu e Passaré.

Na Região Metropolitana, foram  sete pessoas assassinadas, sendo três casos em Caucaia (no Conjunto São Miguel, Planalto Caucaia e Genipabu), dois em Maracanaú (um no Conjunto Jereissati e outro no bairro Acaracuzinho), além de Horizonte (no bairro Mangueiral) e em Aquiraz (Na localidade Lagoa do Mato).

Sertão

No Interior Norte, foram registrados apenas três casos de homicídios, nos Municípios de Trairi (Distrito de Canaã), Tamboril e em Crateús (localidade de Cacimba do Meio, distrito de Irapuá).

Já no Interior Sul, foram 11 homicídios nos seguintes Municípios: São João do Jaguaribe (na localidade Sítio Várzea Alegre), Missão Velha (duplo homicídio no Sítio Quimami), Aracati (jovem morreu em troca de tiros com a Polícia Militar), Campos Sales (bairro Guarani), Russas (localidade Sítio Melancias), Quixadá (localidade Pote Seco, no Distrito de Riacho Verde), Quiterianópolis (localidade Pontal Um), Mombaça, Morada Nova (Distrito de São João do Aruaru) e em Crato (Distrito de Dom Quintino).

Acidentes

Quinze pessoas morreram em acidentes nos seguintes Municípios: Fortaleza (Capital), Morada Nova, Ipueiras, Irapuan Pinheiro, Tabuleiro do Norte, São Gonçalo do Amarante (dois óbitos), Milagres, Barbalha (dois casos), Tarrafas, Ererê, Guaraciaba do Norte e Quixeramobim, além de um óbito no Hospital Regional do Cariri (HRC)(, em Juazeiro do Norte.

PUBLICIDADE Apoio 2

Comentários

Comentários

Marcio Sousa

Radialista profissional há mais de 15 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *