Ensino médio: MEC estipula dois anos para Estados e Municípios elaborarem seus currículos

  • PUBLICIDADE - ANJINHO FELIZ
  • Anjinho Feliz Anjinho Feliz é uma empresa genuinamente taperuabense. Já se sabe que Taperuaba é a capital nacional do bordado, mas a empresa Anjinho Feliz conseguiu fazer ainda mais. Seus produtos hoje são referência em todo território brasileiro e até no exterior. Mão de obra qualificada, equipamentos de última geração e uma equipe pré e pós vendas com os profissionais que entendem do assunto. Você que tem sua loja, comércio especializado na venda de moda infantil e infanto juvenil Anjinho Feliz vai agregar valores de vendas ao seu negócio. Seja representante da Anjinho Feliz na sua cidade, contato (88) 3613-6437 falar com Rosangela e Rochelama.
    • PUBLICIDADE - PONTO DA MASSA
    Ponto da massa Ponto da Massa reúne os melhores lanches e salgados de Taperuaba. O cardápio é completo, caldo de mocotó, canja de galinha, vitaminas, frango assado, o melhor açaí do brasil e pizza de diversos sabores A equipe é completa e competente. Ponto da Massa aceita a encomenda da sua festa, seja de casamento ou aniversário. Luiz e família tem larga experiência no ramo de massas, aprenderam quando tiveram a oportunidade de trabalharem nos maiores centros comerciais do brasil, Rio e São Paulo. Contato (88) 3613-5261 e 3613-6108

    O Ministério da Educação (MEC) deverá fixar em até dois anos após a homologação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) a data para que estados e municípios elaborem seus próprios currículos. São os currículos que vão definir como os objetivos de aprendizagem estabelecidos devem chegar aos estudantes nas salas de aula.

    “O MEC assegurará todo o apoio técnico do ponto de vista do suporte para que estados e municípios possam avançar na definição dos currículos que obedecerão as normas gerais e as diretrizes gerais consagradas na BNCC”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho. “Tanto o suporte técnico, como a formação de professores e currículos devem estar absolutamente sintonizados com a nova base que será homologada”, acrescenta.

    A Base Nacional Comum Curricular define o que deve ser aprendido a cada etapa da vida escolar. Vale tanto para escolas públicas quanto privadas. O ministério já entregou a base comum do ensino infantil e fundamental ao Conselho Nacional de Educação (CNE). A expectativa é que, após analisar e elaborar parecer e projeto de resolução, a BNCC volte para o MEC para ser homologada até novembro. Entre junho e setembro, o conselho fará cinco audiências públicas, uma em cada região do país.
    Prazo viável
    Se esses prazos forem cumpridos, significa que estados e municípios terão até o final de 2019 ou início de 2020 para concluir os currículos. Segundo o diretor institucional do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Antônio Neto, o prazo é viável para os estados. “Esse é um movimento que o Brasil nunca fez, alguns estados têm experiência de estrutura curricular, outros não, muitos municípios nem isso” afirmou.

    “Esse é um momento não apenas para a construção dos currículos, mas também de um diálogo federativo com regime de maior colaboração, que em alguns territórios possam ser discutidas linhas curriculares semelhantes, para que não haja tanta disparidade. A base curricular vai exigir muito esforço de formulação de estados e municípios”, reforçou Antonio Neto.

    Já entre os municípios, as situações são distintas, alguns estão mais avançados e outros precisam de mais tempo para conformar os próprios currículos, segundo o dirigente Municipal de Educação de Goiânia, Marcelo Ferreira da Costa, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) Goiás. “Com certeza, durante o processo de discussão, vamos avançar. Temos um parâmetro de trabalho, mas durante as discussões, vamos verificar se o prazo é viável e traremos uma proposta ao ministro, se necessário for”, disse.

    Entre outras questões, a Base Nacional Comum Curricular apresentada pelo MEC estabelece competências para serem desenvolvidas ao longo de toda a educação básica. Entre elas, está a empatia e o respeito à diversidade. Além disso, a alfabetização, que atualmente é feita até o 3º ano do ensino fundamental, deverá ser antecipada para o 2º ano do ensino fundamental, quando as crianças geralmente têm 7 anos.

    Plano Nacional

    A definição antecipa o que está previsto em lei. O Plano Nacional de Educação (PNE) estabele que todas as crianças sejam alfabetizadas até o 3º ano do ensino fundamental, até 2024. Um total de 77,8% das crianças, até 2014, tinha aprendizado adequado em leitura, dentro desse prazo; 65,5%, em escrita; e, 42,9% em matemática.

    “A antecipação gera mais equidade, principalmente para famílias mais pobres. Famílias de classe média conseguem ter a criança alfabetizada em idade inferior à média das escolas públicas. A medida fixada na BNCC está assegurando o mesmo direito para as crianças que estudam em escolas públicas”, disse Mendonça Filho.

    Para o diretor executivo da Fundação Lemann, Denis Mizne, a BNCC será um instrumento importante para que pais e responsáveis acompanhem a educação dos filhos. “Ajuda os pais a saberem se aquela escola está entregando para ele aquilo que a nação espera que o filho dele aprenda. Isso é um passo muito importante para o Brasil. A BNCC, se bem implementada, pode ser uma ferramenta fundamental para dar um salto de qualidade na educação brasileira”, afirmou.

    A expectativa é que, definindo o que é esperado que as crianças e jovens aprendam, isso impacte também na formação dos professores, na produção de materiais didáticos e na elaboração das avaliações nacionais, como a Prova Brasil.

    “Vai haver uma mudança. Na maioria das salas de aula do Brasil, não tem nenhum currículo. Alguns estados e municípios têm, mas, na maioria, o currículo não chega na sala de aula. A base comum vai organizar isso. Teremos um material didático coerente com o que é ensinado, um professor formado para ensinar o que é esperado e uma prova que avalia. Parece simples, mas imagina viver sem isso, que é a nossa história, sem clareza do que é esperado que o aluno aprenda”, diz.

  • PUBLICIDADE - OFICINA.COM
  • Oficina.com A Oficina mecânica especializada em motos em Taperuaba é Oicina.com, A Oficina.com é uma oficina especializada em motos de todas as cilindradas. Contamos com uma equipe de profissionais qualificados em toda a linha de mecânica Honda, Yamaha, Dafra, Suzuki, Kawazaki, BMW, Harley, entre outras. A Oficina.com é especializada em Retíficas de motores, Suspensão, Alinhamentos, Pneus, Limpeza e regulagem de bicos injetores, Limpeza de carburador troca de óleo e a mais completa seção de peças e acessórios para sua moto. Oficina.com fica localizada na rua Alto da Bela Vista, Bairro Eufrauzino Bastos , Taperuaba - Ceará.
  • HOLANDA MERCADINHO
  • Holanda Mercadinho Mercadinho Holanda traz para o taperuabense a mais completa variedade de produtos: enlatados, produtos de limpeza,, verduras, água mineral, carnes, frios, picolé e sorvetes de vários sabores. Uma marca de sucesso se consegue com trabalho e credibilidade, pensando assim, que as irmãs Sonia e Selma entraram nesse acirrado mercado com o proposito de proporcionar as famílias de Taperuaba produtos de ótima qualidade e preço justo. Holanda Mercadinho, fica localizado na rua Alto da Bela Vista, bairro Eufrauzino Bastos - Taperuaba - CE, contato: 88 9 8111-1662 falar com Sonia Mirian.

    Comentários

    Comentários

    Rosana Teofilo

    Coordenadora Pedagógica

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *